Canal Livre

Revista Mercado Edição 42 - maio 2011

Canal Livre

Ótima revista

Olá, tenho acompanhado a revista faz pouco tempo. Mas estou gostando muito!!! Fico ansiosa pela próxima edição. Este mês está ótima!!! Parabéns aos jornalistas que escrevem de forma fácil e dinâmica, aos editores e a todos os envolvidos.
Agradeço pela disponibilização do conteúdo na home. Sempre compartilho as matérias interessantes com todos que participam das mesmas redes sociais que eu.
Abraços!!!

Mariana Torido
Uberlândia (MG)
______________________________________________________________
Teatro Municipal de Uberlândia

Será que agora vai? É com pesar que acompanhei ao longo dos últimos anos a novela do “começa-para-começa” envolvendo as obras para construção do teatro municipal de Uberlândia – foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemayer em 1989 e começou a ser erguido em 1993. Considerando o início das obras, já se passaram 18 anos. Então, é ou não é para estar pessimista sem saber se dessa vez a coisa anda? É para o bem dos amantes de cultura e para o bolso do contribuinte – afinal, lá se vão mais R$ 14 milhões – que torço pelo sim.

Sônia de Fátima Carneiro
Professora (aposentada)
______________________________________________________________
Estacionamento

A Prefeitura de Uberlândia decidiu pôr fim aos estacionamentos exclusivos em portas de farmácias. Uma das justificativas é abrir mais vagas para motoristas pararem os seus veículos. A meu ver, fazer com que somente os proprietários desses estabelecimentos paguem o pato é pouco e até injusto. É preciso mais. É necessário regularizar o estacionamento de motociclistas que não pagam zona azul e não respeitam os locais a eles reservados (contam ainda com a concorrência dos mototaxistas que ocupam vagas o dia todo), fiscalizar o tal rebaixamento de calçada feito por comerciantes que acabam por roubar longos metros de estacionamento e acabar com os tais cones colocados por donos de lojas e agora até por moradores para reservar ou proibir paradas. Enfim, é preciso reestruturar tudo o que diz respeito a estacionamento em vias urbanas de Uberlândia, principalmente, no hipercentro da cidade.

Júlio Francisco Prado
Comerciante
______________________________________________________________
Empregos X Qualificação

Interessante e ao mesmo tempo preocupante a reportagem de capa da edição de abril, que mostra o problema no Brasil no que diz respeito ao número de desempregados e um dos principais impedimentos para a contratação é a falta de qualificação do trabalhador. Se o governo não investe na educação de qualidade – a começar pela oferta de cursos técnicos e gratuitos -, de nada adianta adotar mecanismos para a criação de mais postos de trabalho. É preciso investir, sim, mas em educação.

Alessandra Guimarães Pereira
Estudante
______________________________________________________________
Padre Fábio de Melo

Quero elogiar a entrevista com o Padre Fábio de Melo, publicada na última edição da MERCADO. Porém, preciso relatar meu descontentamento com a vinda dele a Uberlândia. Eu, por muitos dias, fiquei ansiosa pela realização do show dele na cidade a que, claro, jamais poderia deixar de ir. Porém, tive notícias de pessoas que estiveram no seu camarote, levadas até lá através de uma promoção de uma rádio local, assim com também de outros que estavam programados para ir, mas não foram chamados num último momento; nesse caso, por vontade do próprio Fábio de Melo. Para quase todos os envolvidos, a opinião é que ele está se achando estrela demais. Nem sequer quis falar com a imprensa. Atitudes totalmente opostas às do Padre Marcelo, que dias antes havia estado em Uberlândia. Esse, sim, uma pessoa atenciosa e totalmente fiel aos seus princípios cristãos. Para mim, nota zero para o Padre Fábio e 10 para o Padre Marcelo.

Maria Clara Rodrigues
Secretária executiva
______________________________________________________________
Motociclistas

Não é preciso ir longe para ver o quanto aumentou a quantidade de motos no trânsito, e o pior, em sua maioria conduzidas de forma agressiva e negligente. Por isso, quero elogiar a matéria sobre segurança publicada na revista, que denuncia também o assustador aumento no número de mortos, vítimas de acidentes com motocicletas. Providências precisam ser tomadas.

Leandro Neves
Motorista