Educação

Revista Mercado Edição 51 - maio 2012

Senai vai ter nova unidade em Uberlândia

Da Redação

Construção de novo centro profissionalizante conta com apoio da Prefeitura e da Associação Pró-Vida: a primeira doou o terreno e a segunda entrou com os recursos financeiros

Perspectiva da nova unidade do Senai, que terá 3.600 metros de área construída em terreno de 20.000 m² no bairro Santa Rosa

Um convênio firmado ente o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), a Prefeitura de Uberlândia e a Central Geral do Dízimo (CGD) – Pró-Vida vai possibilitar a construção de uma nova unidade do Senai para a realização de cursos profissionalizantes em Uberlândia. O anúncio foi feito em abril, no auditório da prefeitura, e contou com a participação de representantes das três instituições envolvidas no projeto.
“Este investimento representa mais desenvolvimento para o nosso povo. É uma grande conquista para jovens e famílias e fruto de uma parceria solidária entre a iniciativa pública, entidades e organizações sociais. Um ato que oportuniza a profissionalização, melhora a qualidade de vida da população e a oferta de mão de obra qualificada às empresas e indústrias, além de criar um padrão de excelência em serviços prestados no município”, disse o prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão.
O novo centro de formação profissional, que vai se chamar Dr. Celso Charuri, será construído em um terreno de 20 mil metros quadrados, doado pela Prefeitura, no bairro Santa Rosa, próximo ao Distrito Industrial Norte. A CGD – Pró-Vida irá executar a obra e equipar a unidade. Caberá ao Senai, que em Uberlândia está subordinado à Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), entrar com todo o know-how pedagógico e administrativo. “Trata-se de um trabalho conjunto que tem um significado especial para a comunidade”, disse o diretor regional do Senai, Lúcio Sampaio.

O ato da assinatura do convênio: em primeiro plano o prefeito Odelmo Leão e, ao seu lado, o diretor da Pró-Vida, Flávio Ensina, assinando o documento

Serão 3.600 metros de área construída, divididos em dois prédios. O local será arborizado e contará com salas, laboratórios, biblioteca, quadra poliesportiva, estacionamento, portaria, cantina e oficina de aprendizagem. “Quando esta escola estiver pronta, todos poderão ver um exemplo dado por homens de boa vontade, que acreditaram no poder da educação. Daqui a aproximadamente 15 dias, entraremos em contato com as empreiteiras para que sejam apresentadas as propostas e assim possamos começar logo as obras”, apontou o diretor da Pró-Vida, Flávio José Ensina.
Uberlândia apresenta demanda média anual por qualificação profissional de 400 jovens aprendizes, 850 qualificações básicas e 250 qualificações de técnicos de nível médio. Para atender à procura apontada em pesquisa, o Senai-MG irá desenvolver no novo centro de formação cursos nas áreas Automotiva, Eletroeletrônica, Informática e Metalmecânica.
A intenção é iniciar as atividades com 750 alunos e ampliar as vagas até chegar ao número de 2.220 alunos, capacidade total da unidade. Os cursos serão ministrados em três turnos. A obra permitirá a ampliação de cursos oferecidos pelo Senai, no bairro Roosevelt, pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Trabalho e por outras instituições em diversos bairros da cidade. A inauguração do novo espaço está prevista para 2013, com início das aulas no segundo semestre.
Pró-Vida – A Central Geral do Dízimo – Pró-Vida é uma iniciativa do Movimento Pró-Vida, fundado na década de 1970 pelo médico e psicanalista paulista Celso Charuri, falecido em 1981. Em Uberlândia, é representada pela Associação Dr. Celso Charuri. Após mais de 30 anos de atuação, a Pró-Vida e suas afiliadas realizaram 8.638 doações, das quais 8.172 no Brasil e 466 no exterior (Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai, Uruguai, Guatemala, Grécia, Itália, Portugal, Congo, Egito, Etiópia, Madagascar, Mali, Moçambique, Índia e Líbano).
Com base nos dados fornecidos pelas entidades, as doações realizadas pela Central Geral do Dízimo – Pró-Vida e suas afiliadas no Brasil registraram entre 2004 a 2011 mais de 1,72 milhões de assistidos nas áreas de amparo a dependentes físicos e mentais; à família e maternidade; a crianças, adolescentes e idosos; à saúde; a entidades de assistência social e de educação; a hospitais; à integração ao mercado de trabalho e proteção à cidadania.
De 1998 a 2011, a Pró-Vida doou oito escolas profissionalizantes, que formaram, nesse período, mais de 55 mil alunos. A nona escola será entregue ainda neste ano em Campo Grande (MS) e a décima será a de Uberlândia.

O presidente da FIEMG Regional Vale do Paranaíba: “a união também faz o conhecimento”

Para o presidente da FIEMG Regional Vale do Paranaíba, Pedro Lacerda, a criação de mais uma unidade do Senai em Uberlândia trará consequências imensuráveis para as futuras gerações, dado o maior número de pessoas que serão beneficiadas pelos cursos profissionalizantes que passarão a ser oferecidos. “A educação e o conhecimento são conceitos que transformam a vida das pessoas. São riquezas pessoais que equilibram as diferenças sociais e possibilitam a conquista de mais qualidade de vida para o cidadão, que estando mais qualificado, tem o acesso facilitado a melhores empregos e, por consequência, a melhores salários”, disse Lacerda. Com relação à parceria entre Prefeitura, Pró-Vida e Senai, o presidente da Regional FIEMG disse que isso extrapola a tese de que a união faz somente a força: “a união faz também o conhecimento”, afirmou.