Franchising & Negócios

Revista Mercado Edição 55 - fevereiro 2013

Administração da Franquia

Por Carlos Rubens Pinto

“A competição é uma das mais poderosas forças na evolução do homem. Não conhecemos o futuro, mas uma coisa é certa: à medida que a competição continue a evoluir, ela será a fonte de muito de nossa prosperidade” (Michael Porter)

Ao aderir a uma franquia, o franqueado normalmente paga uma taxa inicial pelo know-how, pelos métodos de trabalho, pelas experiências e acertos do franqueador. Todo esse aprendizado só terá valor se o franqueado se sentir realmente capacitado para administrar com eficiência a sua empresa, se for capaz de usar bem os novos conhecimentos adquiridos.

A empresa franqueada é, por lei, econômica e juridicamente distinta da empresa franqueadora, porém cada franquia deve ter um bom planejamento e objetivos claros, de acordo com sua área de atuação, em sintonia com o que for definido pelo franqueador para toda a rede. O franqueador espera que cada um de seus franqueados administre sua unidade com entusiasmo, de forma correta e disciplinada, para fazer frente à competição diária inerente ao mundo dos negócios.

O franqueado deve treinar bem sua equipe, exigir competências e cobrar resultados. Todos devem ter um alto grau de profissionalismo. Para isso, é preciso acompanhar diariamente as operações da unidade, com o objetivo de verificar se quem executa coopera com a empresa, e se o que faz tem a necessária qualidade. Senão, é preciso decidir rápido pela troca, dispensando de imediato, quando for o caso, os indiferentes e preguiçosos, sem complacência. Se o franqueado não tiver a coragem e agilidade para fazer a substituição necessária, é melhor desistir de ser empresário e procurar um emprego. É fundamental que todos na equipe entendam que devem ser produtivos, que estão na empresa é para vencer a batalha diária da competição, são eles é que têm que se pagar e fazer o negócio dar lucro.

O franqueado precisa proteger o negócio, persistir sempre e administrar com entusiasmo, fazendo sua empresa se tornar cada vez mais competitiva. É importante saber cobrar do franqueador a assistência necessária quando sentir dificuldades na gestão operacional diária, incluindo administração de estoques, preços, negociação com fornecedores, prospecção e/ou manutenção de clientes, entre outros, visando sempre um resultado operacional satisfatório.

“O franqueado precisa entender que não basta comprar uma franquia, é preciso se apaixonar pelo negócio, estar permanentemente inquieto, firme, alerta com as oportunidades do mercado”

Toda empresa, independente tamanho e número de funcionários, pode e deve ser vista em três níveis: estratégico, tático e operacional. O franqueado, como todo empresário, tem papéis importantes em cada um destes níveis. No nível estratégico ele precisa ver a empresa como um todo, seus produtos, serviços e mercado. No nível tático prevalece sua capacidade de liderança, sua estrutura e racionalização dos trabalhos. E no nível operacional é preciso saber como a tecnologia é utilizada na empresa, na produção, organização, atendimento e vendas.

O franqueado precisa entender que não basta comprar uma franquia, é preciso se apaixonar pelo negócio, estar permanentemente inquieto, firme, alerta com as oportunidades do mercado, orientado para competir e, sobretudo, saber administrar bem a empresa nos três níveis citados, para tê-la em suas mãos. O fato de estar no franchising, participando de uma rede, faz suas chances serem bem melhores! Basta olhar para o mercado e ver as empresas independentes se organizando em centrais de negócio e adotando uma marca comum. Os independentes e experientes estão se unindo, formando redes de farmácias, de lojas de móveis, de papelaria, de supermercados, de material de construção entre outras. Eles sabem que é difícil competir sozinho, em rede têm muito mais poder de negociação, e condições de divulgar mais e melhor sua marca, produtos e serviços. Portanto, cabe ao franqueado fazer a sua franquia dar certo, trabalhar firme, acreditar em si mesmo, para realizar o seu sonho de ser um empresário bem sucedido.